top of page

Eliminação da intervenção humana nas linhas de paletização e embalagem logística

A substituição do homem pela máquina, em que medida é possível e desejável?

palettisation emballage logistique

A eliminação do esforço físico como fonte de energia no processo produtivo já vem ocorrendo há algumas décadas. Plantas sem trabalhadores nas linhas de embalagem e paletização e empilhadeiras sem motorista não são mais um fenômeno raro, mas uma tendência irreversível.

Ditado por imperativos económicos: ganho de produtividade, redução dos custos de produção, simplificação da organização do trabalho, reorientação para o core business da empresa; esse fenômeno se acelerará ainda mais após a crise da saúde.

Quanto mais rápido uma empresa passa a automatizar tarefas domésticas, maior a probabilidade de manter o mesmo nível de emprego. Com efeito, a substituição de homens por máquinas para o desempenho de tarefas acessórias não produtivas é um fator de aceleração do crescimento que favorece o recrutamento ou a transferência de quadros para cargos relacionados com o core business da empresa.

Ao reduzir seus custos de produção e concentrar a gestão de sua força de trabalho para realizar tarefas produtivas de alto valor agregado, são obtidas economias substanciais e permitem que os custos de produção sejam reduzidos, tornando a empresa mais competitiva e, portanto, mais atraente no mercado.

No entanto, nesta nova organização, já não é possível deixar a menor das tarefas ao acaso, estando o robô e a ferramenta largamente desprovidos de qualquer conceito de iniciativa.

Assim, o reabastecimento de um estoque de consumíveis deve ser calculado e planejado; esquemas de paletização projetados e programados. Por fim, incidentes relacionados, por exemplo, à possível queda no solo de produtos que não estejam bem estabilizados, podem causar total interrupção da linha de produção e paralisação da produção.

Descubra como um líder escandinavo na fabricação de ingredientes alimentícios conseguiu automatizar totalmente o final de sua linha de produção.




2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page